CFA traz especialistas franceses para discutir as fake news

CFA traz especialistas franceses para discutir as fake news

CFA traz especialistas franceses para discutir as fake news

Você já recebeu uma informação que depois descobriu não ser verdadeira? O termo Fake News foi escolhido como palavra do ano de 2017 pelo dicionário da editora britânica Collins e designa notícias fabricadas para enganar pessoas. A disseminação dessa prática ganhou proporções estratosféricas com o advento dos aplicativos de conversas nos smartphones e redes sociais na internet. Para se ter uma ideia, jornalistas profissionais, hoje em dia, têm gastado mais tempo “apagando incêndio”, ou seja, investigando as chamadas fake news para evitá-las do que produzindo “news” de verdade. Esse tipo de mentira já teve protagonismo nas eleições americanas que elegeram Donal Trump e prometem causar impacto semelhante no pleito brasileiro de 2018.

Para discutir o impacto da disseminação de informações falsas, o Conselho Federal de Administração e a Embaixada da França vão promover o evento “Fake News – Fatos e Impactos: Como tratar a informação na era pós-verdade”. Será no dia 31 de outubro, de 10h às 12h, na sede do CFA, em Brasília. A entrada é restrita a convidados, mas você pode conferir o evento na íntegra, ao vivo, pelo CFAPlay. Quem ministra a palestra serão os especialistas franceses: Dominique Cardon e Patrick Le Bihan.

Dominique Cardon – é diretor do Médialab da Sciences Po. Pesquisador do Laboratório de Usos (SENSE) da Orange Labs e Professor Associado da Universidade Paris Est / LATTS. Desde o início dos anos 2000, sua pesquisa enfoca os usos da Internet em diferentes contextos. Autor de inúmeras publicações científicas, que impactam a vida digital do cidadão.

Patrick Le Bihan – Patrick Le Bihan é professor assistente na CEVIPOF desde 2016. Depois de um duplo grau Sciences Po – Freie Universität Berlin, recebeu seu PhD em ciência política na Universidade de Nova York em 2013. Suas áreas de pesquisa são a análise comparativa de instituições políticas, economia política e teoria política formal.

 Assessoria de Comunicação CFA


Deixe um comentário

comments powered by Disqus